segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Um, dois, três, (...)

Sinto que meu coração está pesado.
Parece que fiz algo de errado.
Mas todos nós topamos.
E agora, como é que fica?
Sinto me aflita,
meu racional e emocional estão em guerra.

domingo, 16 de outubro de 2011

Quero uma máquina de escrever.
Quero sentir meus dedos tocando,
com força, os seus botões.
Quero ver a tinta secar
no formato de palavras,
palavras que ainda não sei o significado.
E como pode tudo isso me deixar excitado?

sábado, 8 de outubro de 2011

E o futuro que tanto me preocupava
parece, agora, tão distante,
já que me afastei.
E a preocupação de hoje?
Seja dia, seja noite, vivo o momento.
Parei de pensar no tempo.