segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Elefantinho

Meu amigo imaginário, foste você o primeiro.
Mas com o tempo, tudo foi crescendo.
Estavas cada dia mais pesado.
Não tinha mais forças pra te carregar.
Então te doei.
Assinei o contrato
e apartir de hoje
sou só mais um adulto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário