sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Minhas entranhas fétidas?
Estão conspirando contra mim.
Deixei-as presas aqui dentro por muitos anos.
E agora querem se rebelar.
Sinceramente?
Não consigo viver com ou sem elas.
O que fazer?
Mandá-las pra puta que as pariu
e depois trancá-las novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário