segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Talvez?

Aqui,
onde tudo depende de um talvez.

Talvez amanhã chova.
Talvez um bebê nasça agora.
Talvez eu diga amanhã:
Talvez sim; talvez não.
Talvez alcançarei meu objetivo.
Talvez te amarei.

Tudo começa com um talvez
Talvez você e talvez eu.
Mas no final o talvez se perde
e sobra só você e eu.

Um comentário: