terça-feira, 28 de abril de 2015

Saudade

Ai ai, esta saudade no peito.
Sai deste corpo que não lhe pertence mais.

Eu deito na cama e choro.
Por que sem você aqui eu não sorrio.
Eu não tenho mais paz.

Pior que eu já não tenho mais fio
pra costurar meu coração,
que já sentiu tanta dor.

Admito até
que o mundo
perdeu um pouco da sua cor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário