quarta-feira, 4 de maio de 2011

"O que você quer ser quando crescer?" 
Disse minha mãe, com o ar de esperança do rosto. Mal sabia ela a resposta que estava por vim.
Acho que esperava algo do tipo: "Quero ser que nem você." ou "Serei médica, mamãe." 
Como toda resposta clichê, que uma mãe espera ouvir, mas não foi isso que disse. 
Minha resposta foi bem mais simples e óbvio.
"Quero continuar sendo eu mesma."

Nenhum comentário:

Postar um comentário