quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Por favor tempo, pare.
Tempo, já disse pra parar agora!
Eu não quero perder nem mais um segundo ao lado dela!
Por que só ela me faz sorrir daquele jeito especial.
De esquecer o mundo e entar em outra dimensão.
De que tudo é pra sempre e o pra sempre, nunca acaba.
Cada dia mais diferente do que o outro.
Mas ainda sim, quero congelar essa imagem,
de nós duas rindo que nem loucas no meio do ônibus,
e todos achando que defato eramos.
Só tenho uma palavra à ti amiga.
Obrigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário